E-mail:    Senha:     
 

   Languages 

 

Custos com materiais de construção devem continuar a desacelerar


Após encerrarem 2016 com desaceleração ante a média de 2015, os custos com materiais do setor da construção civil (INCC-DI Materiais – FGV) devem seguir com evolução mais fraca em 2017, como resultado principalmente do baixo nível de atividade do setor. 


A perspectiva de alta do desemprego e de retração adicional da massa de renda deve manter bastante limitada a atividade da construção civil neste ano – quadro agravado, ainda, pela forte queda dos lançamentos imobiliários, pelo alto nível de estoques de imóveis e pelo ambiente ainda desfavorável aos investimentos em infraestrutura no País.

Além disso, o cenário para o INCC-DI Materiais também contempla menores pressões no custo industrial com energia e queda real do custo com combustíveis. Por outro lado, a expectativa de desvalorização do real ante o dólar, ainda que restrita, deve limitar maior arrefecimento do indicador.

 

Figura: Taxa de variação anual do índice de Custos da Construção Civil (INCC-DI) – Materiais, equipamentos e serviços (base ago/94=100)

Fonte: FGV. Dados até dez/16

 

 

 

Rua Estados Unidos, 498 - Jardins - São Paulo/SP - CEP 01427-000 - Telefone +55 (11) 3052-3311